Dourados amplia horário do toque de recolher


A partir desta segunda, 25, o douradense não poderá circular na cidade no período, entre oito horas da noite e cinco da manhã, sem justificar bem direitinho a necessidade do deslocamento. É o que determina o novo decreto do município assinado pela prefeita Délia Razuk PTB) e publicado no Diário Oficial do Município.

A medida amplia o período estabelecido pelo primeiro toque de recolher que era, entre 22 e 5 horas, em vigor desde 23 de março, quando o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja baixou decreto em todo estado. Naquela época apenas quatro municípios sul-mato-grossenses haviam reduzido o horário de circulação das pessoas e Dourados não havia tomado as medidas restritivas para evitar a propagação da covid-19.

                                                Reproduço/Diário Oficial Prefeitura de Dourados

O ampliação do toque de recolher é explicado pelos operadores do poder local como uma tentativa de evitar a propagação da doença na população do município, que contabiliza um total de 152 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Dourados registrou um óbito pela doença, que ocorreu, contudo, em Tocantins. Atualmente 11 pessoas estão internadas com a doença em UTIs do município.

A população questiona, contudo, a eficácia da medida, em função da falta de fiscalização do seu cumprimento. “De que adianta esse decreto, qual a eficácia que ele pode trazer para o controle da doença, se não é estabelecido um controle do seu cumprimento?” perguntou um morado da região central da cidade, que pediu para não ser identificado.

Outra reclamação por parte da população é sobre o funcionamento do comércio, que foi fechado pelo primeiro decreto e, aberto, menos de um mês depois, no dia sete de abril, por pressão do setor. Atualmente, o comércio está funcionando no período entre 8 e 18 horas, seguindo as normas de higienização.

Postar um comentário

Que tal deixar um comentário?

Postagem Anterior Próxima Postagem